Covid-19 e as Encomendas Online
Saúde e Bem Estar

19 Março 2020

Covid-19 e as Encomendas Online

Covid-19 e as Encomendas Online

Covid-19 e as Encomendas Online

Dada a atual situação que o mundo atravessa, surgem dúvidas e alguns receios sobre a nossa conduta do dia-a-dia.

Devido à quarentena e às compras desenfreadas nos supermercados, muitas pessoas optam por fazer encomendas online. É mais seguro se tivermos em conta diversos fatores:

  • Não precisamos de nos deslocar ao supermercado.
  • Evitamos colocar as mãos nos carrinhos de compras.
  • Não contactamos com um mar de gente que deambula pelo supermercado à procura da melhor promoção.
  • Evitamos as filas para o pagamento, prevenindo assim aquelas situações caricatas em que a pessoa seguinte está quase a respirar para cima de nós.

Tendo em conta que este vírus se transmite através do contacto com pessoas infetadas e com superfícies ou objetos contaminados, todo o cuidado é pouco para nos protegermos.

Quando uma pessoa infetada espirra ou tosse, as gotículas libertadas pelo nariz ou boca podem atingir diretamente outras pessoas em redor (boca, nariz ou olhos), expondo-as à possível transmissão do coronavírus. [1]

Por sua vez, as gotículas podem contaminar objetos ou superfícies circundantes. Se uma pessoa toca nestes locais e depois leva a mãos aos olhos, nariz ou boca, pode ficar infetada. [1]  

Desta forma, não podemos negar que as idas ao supermercado podem ser uma aventura desagradável, pois estamos a lidar com um “inimigo invisível”.

Sendo assim, as encomendas online podem ser uma boa solução: mais cómoda, rápida, segura e sem necessidade de deslocações.

No entanto, devemos ter em conta algumas recomendações:

  • As encomendas devem ser entregues à porta de casa, evitando assim o contacto;
  • Devemos dar preferência ao pagamento online, para não mexermos em multibancos ou dinheiro (algumas empresas optaram pelo envio de encomendas com portes grátis);
  • Depois de abrirmos a encomenda, devemos lavar e desinfetar as mãos.

 

Ainda que outros coronavírus não sobrevivam durante muito tempo em objetos, podemos desinfetar a superfície onde colocámos a caixa com a encomenda.

 

Posto isto, convém não esquecer as medidas de prevenção:

  • Nunca tussa ou espirre para as mãos. Nestas situações devemos tapar o nariz e a boca com um lenço de papel ou com o antebraço;
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70% (lave as mãos sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contactar com pessoas doentes);
  • Evite o contacto próximo com doentes que tenham infeções respiratórias;
  • Evite tocar na cara com as mãos;
  • Evite partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. [1]

 

Todos nós podemos ser um bom exemplo de superação, basta que a nossa conduta seja pautada pela união e pela responsabilidade cívica.

Marta Cosme – Farmacêutica

 

Fontes: [1] https://covid19.min-saude.pt/perguntas-frequentes/


Deixe o seu comentário sobre este artigo

O formulário foi submetido com sucesso.
Campo de preenchimento obrigatório.
Campo de email inválido
Campo com limite máximo de caracteres
Este campo não coincide com o anterior
Campo com limite mínimo de caracteres
Ocorreu um erro na submissão, por favor reveja o formulário.

* Campos de preenchimento obrigatório.